Hipnose Coletiva

First Feature Image
First Feature Image

Minha grande decepção não é com os humanos, mas com a forma indelicada com que eles se põem frente à mãe natureza. Não conseguem perceber a fonte sublime que lhes fomenta a existência, e, devido a esta hipnose coletiva, transmutam suas desesperadas angustias a esta grande protetora – “a terra” – nossa morada e mãe sublime e verdadeira.

Templo Universalista e Espiritualista Solar

Second Feature Image
First Feature Image

O Templo Solar surge da irresignação natural que geralmente sofremos no duro caminhar religioso. Pois a religião terrena como já sabemos, cruza o caminho da consciência humana, o que de certo nos trás falhas, fraquezas, traumas e incapacidades. Em alguns, isso se manifesta na revolta e abandono da caminhada, passam a ser críticos e deixam de cumprir compromissos de ordem primária, se transformando em fontes de oposição as idéias que defendiam anteriormente, haja vista a grande decepção religiosa que vivenciaram.

Ser Universalista

Third Feature Image
First Feature Image

Ser universalista é um estilo de percepção, longe da verdade absoluta, ficamos com a verdade relativa para fazemos parte do todo. Não pregamos a Umbanda universalista e simplesmente praticamos uma Umbanda que é universalista e aceita a tudo e a todos. Nela não exercitamos a rigidez da disciplina ou da metodologia única, usamos um pouco de tudo, nossas vivências são a fonte de nossas formas de abordar o que o nosso grau consciencional decodifica como sagrado.

/*

Últimos Posts

Veja nossos últimos posts aqui.

  • Quem são as Crianças na Umbanda!

    off

    Entre o início (SOM), o meio (MOVIMENTO) e o fim (LUZ); somos o início ou a percepção do poder espiritual habitando a matéria. Somos a fonte eterna da criação e a grande maioria de nossos representantes não necessitam mais dos processos de reencarnação para evolução pessoal. Nossas atividades se estabelecem por meio do amor e […]

    Continue Reading...
  • Post Image

    Quem são os Pais Velhos na Umbanda!

    off

    Entre o início (SOM), o meio (MOVIMENTO) e o fim (LUZ); somos o fim da ignorância latente e remissiva. Também estamos no processo contínuo de aperfeiçoamento dos seres. Nossa maior atividade se concentra na condução no caminho da iluminação interna e externa pela via da sabedoria e da humildade. Somos oriundos de vários planetas do […]

    Continue Reading...
  • Post Image

    Quem são os Guardiões na Umbanda!

    off

    Entre o início (SOM), o meio (MOVIMENTO) e o fim (LUZ); somos o tempo e o espaço após os atos de criação ou cosmogênese. Fazemos a ligação do que existiu, existe e existirá. Nossos nomes simbólicos e terrenos não representam o que somos, mas características e atividades que desenvolvemos. Somos para o que se entende […]

    Continue Reading...